Irmãos Livônios da Espada

Crédito imagem: Poznaniak

Os Irmãos Livônios da Espada foi uma ordem militar católica alemã criada em 1202 pelo bispo de Riga, Alberto de Riga. Em 1204, o Papa Inocêncio III sancionou a criação. A ordem religiosa criada por Alberto de Riga tinha um regulamento que era parecido com o da Ordem dos Templários.


Alberto de Riga criou a ordem religiosa para ajudar o Bispado de Riga na conversão dos pagãos curônios, livônios, latigálios e semigálios. Desde a sua criação, a ordem religiosa era indisciplinada e ignorava a vassalagem em relação aos bispos. Em 1218, Alberto de Riga pediu ajuda ao rei Valdemar II da Dinamarca, mas o rei da Dinamarca preferiu fazer um acordo ele mesmo com a ordem militar, ao invés de ajudar o bispo de Riga. O rei Valdemar II e a ordem conquistaram o norte da Estônia (Estônia dinamarquesa).


Os Irmãos Livônios da Espada



Por volta da década de 1230, sob a liderança do Mestre Volkwin, a ordem tinha poucos recursos financeiros, pouca mão de obra e tinha uma má reputação. A ordem também estava em conflito com os seus dois maiores apoiadores, o Papa Gregório IX e o Sacro Imperador Romano. No entanto, em 1236, o Papa Gregório IX emitiu uma Bula Papal declarando uma cruzada contra os Lituanos. A ordem planejava atacar Samogícia, para depois conquistar a costa do Mar Báltico e se conectar com a Ordem Teutônica na Prússia.
No outono de 1236 o Mestre Volkwin reuniu um grande grupo de cruzados que marcharam em direção ao sul de Samogícia. No dia de São Maurício, Os Irmãos Livônios da Espada e os Samogitas e Lituanos liderados pelo Duque Vykintas se enfrentaram na batalha que ficou conhecida como a Batalha de Saule. Cerca de 60 cavaleiros da ordem foram mortos, incluindo o Mestre Volkwin, foi a mais antiga derrota das ordens alemãs no Báltico. Os Irmãos Livônios da Espada foram quase dizimados, os sobreviventes da ordem foram incorporados à Ordem Teutônica em 1237, e passaram a ser conhecidos desde então como Ordem da Livônia.


Em 1559, Gottardo Kettler, o último Mestre da Ordem da Livônia, secularizou a ordem e converteu-se ao luteranismo.


Armadura da Ordem da Livônia
Crédito imagem: Terker




Veja também:
Vykintas
Batalha de Saule








Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquisar este blog